Você já ouviu falar de clonagem?

Tags

, , , , , , , , , , , , , , ,

Olá pessoal! Como estão todos? Hoje vamos falar de um assunto que começou a muitos anos atrás com a ovelha Dolly e hoje essa técnica teve uma incrível aplicação. Vamos a notícia que nos inspirou a escrever no blog! Na África do Sul após um horrível acidente, uma menina teve oitenta por cento de seu corpo queimado e os médicos decidiram realizar uma cirurgia rara, na qual transplantaram pele clonada da própria paciente! E como eles produziram essa pele? É exatamente o que vamos ver hoje!

Bom mas antes de tudo, o que é clonagem? Clonar significa produzir um algo que seja geneticamente idêntico a outro. Bom a palavra “algo” na linha anterior pode ter causado certa estranheza, mas o fato é que há alguns anos pensava-se somente em clonar células, mas hoje em dia organismos inteiros já foram clonados, por isso optou-se por utilizar esse termo. Como o assunto é pele, podemos ser mais específicos e dizermos que a clonagem é um processo no qual são produzidas células geneticamente iguais aquela que lhe deu origem. Vocês querem um exemplo de organismo que foi clonado? A Dolly claro!

A ovelha Dolly

A famosa ovelha que estampou as machetes dos principais jornais do mundo há alguns anos. Nesse caso usou-se  o núcleo de uma célula mamária de uma ovelha e o óvulo de outra, cujo núcleo foi retirado. Feito isso e com muitos cuidados e estimulações precisas as células se multiplicaram e deram origem a um novo indivíduo. Porém apesar do grande sucesso, nem tudo são flores, afinal a ovelha Dolly sofreu de envelhecimento precoce, mostrando aos cientistas a complexidade de se clonar um organismo como um todo, o que os fez tratar esse assunto com muita austeridade e respeito. Existem ainda muitas limitações nessa área, porém uma excelente perspectiva existe, para tratamentos diversos, como transplantes, caso mostrado hoje no blog.

Bom, mas vamos a ele? A ideia para salvar essa menina veio exatamente da clonagem, afinal por que não clonar a pele da própria paciente para a realização de um enxerto? Fazemos então a seguinte pergunta, qual a vantagem desse procedimento? Um exemplo simples elucidará essa questão. Vocês sabem o que são os anticorpos? São proteínas que fazem parte do nosso sistema imune e que sinalizam para as nossas células de defesa quais são os organismos estranhos em nosso corpo, como por exemplo bactérias ou vírus causadores de doenças.

Notem em verde e azul os anticorpos atuando em um corpo estranho

Esse sistema também atua no caso de transplantes e é disso que vem o tão famosos risco de rejeição que a maioria de vocês deve ter ouvido falar. Pessoas geneticamente diferentes apresentam diferenças nas células que esses anticorpos conseguem identificar, por isso quando é necessário um transplante os familiares mais próximos são procurados (pai, mãe, irmãos) pois o risco de rejeição é menor, pois existem muitas características compartilhadas. O mesmo raciocínio funciona com a pele, que pode sim ser rejeitada e numa pele clonada esse risco seria praticamente zero. Ficou claro? Esperamos que sim. Agora vocês devem estar se perguntando como essa pele foi clonada, vamos então a clonagem!

No caso dessa paciente foram retirados pedaços de pele saudável para que esse tecido fosse produzido no laboratório. As células foram colocadas em um meio rico em nutrientes, denominado meio de cultura celular, o qual contém tudo o que a célula necessita para se desenvolver. Essas células então são estimuladas a se dividirem produzindo novas células que se todas as condições foram favoráveis produzirão uma nova pele a qual foi transplantada na menina.

Garrafas de cultura celular contendo o meio de cultura (solução rósea)

 A clonagem era até pouco tempo atrás uma técnica ainda pouco difundida, mas atualmente ela apresenta inúmeras aplicações, que eventualmente podem ser levadas a prática como esse caso discutido hoje. Há ainda muito o que pesquisar e muitas são as perspectivas, como por exemplo produzirem órgãos novos e perfeitamente sadios! Imaginem acabar com as filas de transplantes e a angústia das pessoas que estão nelas. Esperamos que esse futuro seja breve, sendo capaz de trazer a alegria de viver a muitas e muitas pessoas!

Gostaram? Postem suas opiniões e não se esqueçam visitem o Plantão no facebook e no twitter!

Uma excelente semana a todos!

Um abraço,

Equipe Plantão Escolar

Anúncios

Novidades no Blog!

Tags

, ,

Olá pessoal!

Estamos de volta! Fisicamente vocês puderam notar que o blog não sofreu alterações, pelo menos por enquanto, mas passamos por uma reorganização interna pensando em vocês, nosso público que cresce dia a dia! Agradecemos muito! Afinal o blog é para vocês!

A equipe do plantão está se esforçando ao máximo para continuarmos  trazer temas tão interessantes com dois focos principais,  trazer informações de alta qualidade e em uma linguagem acessível a todos,  desmistificando assuntos que pareciam complexos em tópicos mais simples, vislumbrando a compreensão de todos! E além disso auxiliar aqueles em idade escolar com informações de qualidade para trabalhos, seminários, etc.

O plantão também está firmando parcerias que esperamos em breve resultar em postagens com conteúdos incríveis e com a qualidade que vocês já conhecem! Sendo assim a partir desse final de semana voltaremos com nossa rotina de postagens!

Aguardem e não deixem de companhar o plantão, no facebook, no twitter ou mesmo assinando o feed do blog e recebendo as novidades em seu email! Não percam!

Até o próximo post!

Equipe Plantão Escolar

Mudanças no Blog

Tags

, , , , ,

Pessoal, o Blog do Plantão está crescendo e para que continuemos a postar informações com qualidade o blog passará por algumas mudanças e por isso fará uma breve pausa esse final de semana!

Aguardem novidades na próxima semana!

Um abraço!

Equipe Plantão Escolar

Curiosidade da Semana – Águas Vivas

Tags

, , , , , , , , ,

Imaginem a situação, vocês caminhando na praia quando vocês vêem algo gelatinoso e sem muita forma definida na areia. Já passaram por isso? Pois bem, vocês provavelmente se depararam com um cnidário! Cnida- o que? Vocês se perguntam, bom esses animais tem um nome bem conhecido e hoje eles serão tema da curiosidade da semana, as águas vivas!

Vocês já devem ter sido alertados em algum momento que esses animais são perigosos e que devemos manter distância deles. Realmente devem ser tratados com muito respeito, mas nem por isso devemos deixar de ver sua beleza!

Os cnidários ou celenterados tem seu nome de origem grega knidos, que significa urticante.  É um grupo composto por inúmeros animais além das aguas vivas, temos as hidras e os corais.

E por que eles são perigosos? Esses animais possuem inúmeros tentáculos que carregam inúmeras células urticantes denominadas cnidócitos ou cnidoblastos, que contém o nematocisto, um espinho muito pequeno, que contém uma substância tóxica. Essa toxina tem duas funções, a de proteção contra predadores e também a para alimentação atuando de forma a imobilizar pequenas presas como peixes. Nos humanos essa toxina causa queimaduras graves e pode levar a morte perante a gravidade dessas queimaduras.

Os tamanhos podem ser absolutamente variados, desde animais grandes como a famosa Lion’s Mane com cerca de 2 metros de diâmetro, como vocês pode ver abaixo:

a outros muito pequenos como essa água viva que tem com 2cm de diâmetro encontrada em Queensland e sendo extremamente perigosa:

Esses animais não são incríveis? A natureza sempre nos surpreende de alguma forma e a cada dia vemos novas descobertas ocorrendo! E com relação as águas vivas, agora vocês já sabem que esses animais merecem muito respeito e se vocês os virem na praia ou na água tomem cuidado e fiquem o mais longe possível.

Gostaram? Divulguem! Postem suas opiniões! Compartilhem! Vamos divulgar a ciência!

Não se esqueçam de acessar nossa página no facebook e não deixem de assinar o feed do blog e recebam as atualizações!

Até o próximo post!

Equipe Plantão Escolar

Robôs – Um futuro próximo?

Tags

, , , , , , , , , ,

A vida dos robôs é um tema explorado já há muitos anos por inúmeros cineastas, pesquisadores, pensadores, abordando questões, das quais algumas, vamos discutir aqui. Não é surpresa que muitos filmes já tenham sido feitos, pensando em nossos amigos de metal. Um filme muito recente, a Inevnção de Hugo Cabret, podemos ver a interação do personagem com o que seria o primórdio de um robô, um sistema mecânico, com aparência facial humana, no filme nomeado como autômato, com a capacidade de realizar uma tarefa específica, no caso a produção de um desenho, para o qual foi previamente programado.

Image

Hugo e o autômato em uma cena do filme

 Esse é o conceito que norteia de certa forma a robótica, que consiste na criação de máquinas que facilitem ou mesmo substituam os humanos na realização de tarefas complexas, pesadas, repetitivas ou mesmo perigosas. Imaginem como seria fácil se tivéssemos um robô que limpasse toda a casa com perfeição, todos os dias? ou um robô que dirigisse enquanto você fica livre para fazer inúmeras outras tarefas durante o trajeto?

Image

Protótipo limpando o chão

Algumas dessas tarefas já são possíveis atualmente. Vocês já viram um robô que aspira a casa toda sozinha?

Image

Inclusive de marcas conhecidas no mercado! Vejam esse da LG!

Facilitaria a vida de muitas pessoas com certeza! Contudo esse conceito já foi ampliado e os pesquisadores, além de produzirem máquinas eficientes, práticas e que não causem impactos no meio ambiente para a sua produção, tem se tentado produzir máquinas mais próximas da aparência humana. Por que? Essa deve ser a pergunta na cabeça de vocês, bom um dos principais motivos seria a empatia que nós teríamos com essas máquinas. Imagine a situação, o exterminador do futuro limpando sua casa!

ImageExterminador do futuro – o seu ajudante em casa! Eu que não queria um desse!

Imaginaram a cena? Com certeza não seria uma situação agradável. Agora imaginem o robô interpretado por Robin Williams em O Homem Bicentenário

ImageSua aceitação claramente seria maior, eu mesmo o teria trabalhando em minha casa sem problemas!

Agora, até que ponto os robôs devem ter aparência humana? Cada vez mais nossos amigos de metal tem ficado impressionantemente parecidos conosco, os então chamados androides.

ImageA similaridade é incrível entre o androide e seu criador!

Fica a pergunta, será que num futuro teremos algo tão próximo a realidade que seremos capaz de confundi-los?

Image

Personagem David do filme AI – Inteligência Artificial de Steven Spielberg

Em AI, o então chamado mecha (do inglês mechanical) David é um robô que além da perfeição com relação a sua aparência, é capaz de expressar sentimentos, tal qual um humano. Hoje alguns robôs já são capazes de demonstrar por feições os sentimentos para os quais são programados. Vejam o vídeo abaixo:

http://www.youtube.com/watch?v=wjW-v0IPT_M

É impressionante!

É claro que existem muitos temas éticos envolvidos em todo esse assunto, isso porque ainda nem falamos da inteligência artificial, mas uma coisa é certa, os avanços tem ocorrido a passos largos e não me surpreenderia se em breve androides possam andar entre nós e passar desapercebidos.

Sem dúvida esse é um tópico que temos muito ainda para explorar!

Gostaram? Postem, compartilhem! Vamos divulgar a ciência!

Até o próximo post!

Um abraço,

Equipe Plantão Escolar